Share:

A solução de fatiamento CloudFAN da China Telecom e da Huawei ganha o prêmio Outstanding Innovation Team na PT Expo China 2017

Beijing, 27 de setembro (CWW) – Na PT Expo China 2017, a filial de Xangai da China Telecom, o Instituto de Pesquisa de Xangai da China Telecom e a Huawei receberam o prêmio anual Outstanding Technology Innovation Team (Equipe de Inovação Tecnológica Extraordinária) no campo da comunicação óptica. Este prêmio foi recebido por um novo PON OLT que suporta fatiamento flexível de rede e suas aplicações.

A PT Expo China é realizada pelo Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação e pelo Conselho Chinês para a Promoção do Comércio Internacional. É a maior exposição e conferência da China no campo da comunicação da informação. Em 2017, a Expo realizou sua seleção anual de prêmios, com um comitê de seleção de prêmios composto pelos principais especialistas da People’s Posts and Telecommunications News (PPTN), da Academia Chinesa de Tecnologia da Informação e Comunicação (CAICT), de instituições acadêmicas e da China Telecom, China Mobile e China Unicom e seus institutos de pesquisa. Esses prêmios são importantes na indústria da comunicação.

Em 2016, a filial de Xangai da China Telecom, uma operadora líder na construção de rede de banda larga, estabeleceu uma meta para implementar o acesso giga-to-the-home e criar a primeira cidade giga no prazo de 3 anos. Estima-se que mais de 5 mil comunidades terão acesso gigabit até o final deste ano. A filial de Xangai da China Telecom tem diferentes grupos de usuários de banda larga, incluindo clientes de linha alugada empresarial de alto valor, usuários domésticos comuns e usuários comuns de campus. Tendências relacionadas ao desenvolvimento de banda larga gigabit, como surgimento de novos tipos de serviço, suporte de serviço integrado e operação inteligente, exigem que as redes tenham os recursos de isolamento de serviço, expansão flexível e fornecimento de serviço rápido. As operadoras de rede devem resolver os problemas devido ao aumento do número de usuários, como espaço insuficiente na sala de equipamentos e aumento do consumo de energia. Para enfrentar esses desafios, a filial de Xangai da China Telecom, o Instituto de Pesquisa de Xangai da China Telecom e a Huawei criaram uma equipe de inovação para conduzir pesquisas aprofundadas, desenvolvimento e aplicação de fatiamento de rede.

Para ver o artigo completo, acesse Telecoms

Tags: , ,