Share:

Ofo firma parceria com a China Telecom e a Huawei para melhorar a tecnologia de bicicletas inteligentes

A ofo, uma empresa de compartilhamento de bicicletas com sede em Beijing, formou uma parceria com a China Telecom e a Huawei Technologies Co. Ltd. para melhorar a tecnologia relacionada às bicicletas inteligentes que têm se espalhado pelo país recentemente.

A China Telecom fornecerá cobertura nacional de internet sem fio para a ofo, enquanto a Huawei equipará as bicicletas da ofo com chips NB-IoT (Internet das Coisas de banda estreita) e outras tecnologias de telecomunicações.

Com melhor cobertura de internet e chips aprimorados, as bicicletas ofo sofrerão menos com o mau funcionamento da trava inteligente, baixa estabilidade e alta taxa de falha de carregamento solar que fornece eletricidade para o hardware central das bicicletas permitindo que os usuários travem e destravem os veículos.

“A parceria com a Huawei e a China Telecom vai proporcionar uma melhor experiência do consumidor para os nossos usuários em todo o mundo”, disse Dai Wei, fundador e Diretor Executivo da ofo.

Ofo distribuiu mais de um milhão de bicicletas inteligentes

Lançada em 2015 em Beijing, a ofo distribuiu mais de um milhão de bicicletas inteligentes equipadas com GPS e travas inteligentes em mais de 40 cidades no mundo. A empresa afirma ter mais de 15 milhões de usuários em todo o mundo e uma participação de mercado de 51% na indústria de compartilhamento de bicicletas na China em 2016.

A Mobike, a maior rival da ofo, afirmou a mesma coisa, dizendo que é a maior empresa de compartilhamento de bicicletas da China. Mas desde janeiro, a Mobike opera em nove cidades da China com centenas de milhares de bicicletas em operação, disse a empresa anteriormente por e-mail.

A ofo recebeu dezenas de milhões de dólares americanos de Didi Chuxing em setembro de 2016. Um mês depois, recebeu um financiamento de risco de US$ 130 milhões da CITIC Private Equity, Coatue Management e Xiaomi Inc.

A Mobike recebeu um investimento estratégico não divulgado da empresa de investimento estatal de Singapura, Temasek Holdings and Hillhouse Capital, no início desta semana. A empresa levantou um total de mais de US$ 300 milhões desde o início de 2017, incluindo um financiamento de série D de US$ 215 milhões da Tencent Holdings Ltd. e Warburg Pincus no mês passado, e uma quantia de dinheiro não divulgada do Foxconn Technology Group algumas semanas depois.

Para ver o artigo original, acesse China Money Network

Tags: , , , ,