AT&T e China Telecom vão estender joint venture para suporte de serviços empresariais

A AT&T e a China Telecom assinaram um acordo-quadro que confirma sua intenção de renovar a autorização de 20 anos para a Shanghai Symphony Telecommunications Co. Ltd. (SST), a joint venture AT&T, China Telecom e Shanghai Information Investments formada em 2000. As duas provedoras de serviço esperam que a joint venture continue a atender aos interesses de empresas multinacionais que fazem negócios na China por meio do desenvolvimento de novos serviços.

Os dois prestadores de serviços que se comprometeram a desenvolver novos serviços

O acordo prevê que as duas provedoras de serviços se comprometam a desenvolver novos serviços para atender às necessidades crescentes de Internet das Coisas (IoT), big data baseado em nuvem, roaming de voz sobre LTE (VoLTE) e rede definida por software (SDN). Especificamente, as empresas concordaram em colaborar em:

  • estabelecimento e adoção acelerada de padrões da indústria para SDN
  • criação de testes de roaming bilaterais contemplados em um Acordo de Roaming previamente firmado para clientes empresariais
  • exploração do potencial de roaming do VoLTE.

O novo acordo também estabelece o desejo das empresas de ampliar o escopo do SST e os locais que atende.

“Os negócios globais precisam ser inovadores e ágeis para terem sucesso hoje em dia. Ao ampliar nosso relacionamento com a China Telecom, a AT&T está ajudando clientes multinacionais a terem acesso consistente às soluções avançadas de que precisam na China. Isso os ajudará a acelerar sua evolução digital nos próximos anos”, previu Thaddeus Arroyo, CEO, AT&T Business Solutions and International segment.

“Trabalhando com a AT&T, a China Telecom está criando soluções de negócios futuros que usam mobilidade empresarial, nuvem, IoT e outras tecnologias.”, disse Gao Tongqing, diretor executivo e vice-presidente executivo da China Telecom.

Para ver o comunicado à imprensa original, acesse AT&T