AsiaSat expande serviços de bordo para a China Telecom

A conectividade durante o voo tem sido um tema controverso na China. Recentemente, o CEO da AsiaSat, Andrew Jordan, destacou a aviação como uma via fundamental para a indústria de comunicação por satélite, mostrando algum otimismo sobre seu potencial para a AsiaSat. “A AsiaSat está muito feliz por fornecer um serviço expandido para o mercado de aviação chinês, depois que a China Telecom recebeu a aprovação oficial do Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação da RPC para aumentar o uso da capacidade para redes de comunicação aérea expandidas, e está satisfeita por eles terem escolhido o AsiaSat 7, que agora suporta o maior serviço de comunicações de bordo para companhias aéreas na China.”

A conectividade em voo tem sido um tema quente na China.

A AsiaSat tem apoiado a China Telecom com capacidade AsiaSat 7 desde 2016 para o fornecimento de serviços Wi-Fi de bordo para cerca de 100 aviões, de companhias aéreas domésticas, incluindo China Eastern Airlines, China Southern Airlines, Xiamen Airlines e Hainan Airlines, bem como para comunicações terrestres para companhias aéreas internacionais, como United Airlines, Emirates e Lufthansa. Entre todos os outros satélites de operadoras que fornecem serviços de conectividade de bordo, o AsiaSat 7 oferece a maior capacidade da China.

O mercado de aviação da China experimentou um rápido crescimento em termos de tráfego anual de passageiros na última década e, de acordo com uma previsão da IATA, a China se tornará o maior mercado de aviação do mundo (por passageiros) em 2024. Muitas companhias aéreas domésticas já estão equipadas com recursos de comunicação de bordo para atender passageiros em aeronaves de grande porte, enquanto a instalação de serviços em aeronaves de fuselagem estreita está prestes a decolar e deve experimentar um crescimento exponencial nos próximos anos.

Para ver o artigo completo, acesse Conteúdo + Tecnologia